sexta-feira, 13 de março de 2015

Adustina:Extinta 11ª Dires,realiza reunião com os novos profissionais do NRS(Alagoinhas)

Na manhã de ontem (12) o núcleo regional de saúde NRS (Alagoinhas), realizou reunião para alertar os municípios no combate a febre chikungunya,que já atinge vários municípios da região. Foram explicados técnicas de bloqueio para o mosquito adultos Aedes aegypti, dengue, febre chikungunya, novo tipo de vírus que deixa as pessoas impossibilitadas de trabalhar por anos,e pode levar a morte.
Dicas :Sergio(NRS)
Jandira(Divep)
José Carlos(Nenga)11ª Dires
Jose Carlos(Zé Carlos) 11ª Dires
Sainora(enfermeira)Dires
Adustina:Nailda Couto(vigilância epidemiologia), Jailson Rodrigues(Coordenador de endemias)Everton Santos(Supervisor de endemias)Carol Nabuco (coord.atenção básica)Ronaldo Vasconcelos,e Marluze.







 Vírus Chikungunya pode ser transmitido por dois
tipos de mosquitos: o 'Aedes aegypti' (no alto) e
o 'Aedes albopictus' (Foto: Douglas Aby Saber/
Fotoarena-AFP/EID Mediterranee)


A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa "aqueles que se dobram", em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa.
Em compensação, comparado com a dengue, o novo vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, ela pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Bloqueios:

0 comentários:

Postar um comentário