quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Para proteger filhotes, capivara mata Pit Bull na Lagoa Maior, em Três Lagoas

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Para proteger filhotes, capivara mata Pit Bull na Lagoa Maior, em Três Lagoas

Papel de mãe..... qual mãe não faria, né? agora, pelo que entendi, a dona do cachorro deixou o bicho lá no local mesmo? pois é, quando falo que pits só andam em mãos erradas, ninguém presta atenção.... este aí nem mereceu um enterro.....
------------------------
Uma capivara matou um cachorro da raça Pit Bull para proteger seus filhotes, em Três Lagoas. O caso foi divulgado na tarde desta quarta-feira (8) pela integrante do Grupo Protetora dos Animais, Charlene Santana Bortoleto.
De acordo com a protetora, uma carcaça do cachorro foi encontrada na Lagoa. Ela conseguiu chegar até a dona do animal que confirmou que ele foi morto por uma capivara. “Ela disse que ele pulou o muro e foi em direçãoda capivara, que estava com os seus filhotes. Para defender a
cria, a capivara arrastou o cão para a lagoa e o matou”, escreveu em um post na sua rede social.
Charlene aproveitou para chamar a atenção do Ministério Público. Na sua opinião, deveriam construir uma cerca em volta da Lagoa Maior para proteger os animais silvestres que habitam no local, assim como a população e animais domésticos que passeiam na circular da Lagoa.
O número de animais que vivem na Lagoa aumenta a cada dia. Existem de várias espécies, desde jacarés, a patos, cobras, capivaras e outros tipos de aves.
Há dois meses, uma ninhada de jacaré, com cerca de 70 ovos, foi localizada. Para evitar possíveis transtornos, a ninhada foi levada para uma reserva, localizada em Ilha Solteira, interior de São Paulo, cidade 70 quilômetros distante de Três Lagoas.

0 comentários:

Postar um comentário