segunda-feira, 13 de março de 2017

Esporte:O Grêmio se revolta. Perdeu sua revelação de 10 anos para o Barcelona.

Publicado em 13/03/2017 às 15h51

Uma demonstração como está o mercado de futebol no mundo. O Grêmio se revolta. Perdeu sua revelação de 10 anos para o Barcelona. 10 anos! E a legislação brasileira impede que os gaúchos possam processar o clube catalão…

1reproducao grêmio Uma demonstração como está o mercado de futebol no mundo. O Grêmio se revolta. Perdeu sua revelação de 10 anos para o Barcelona. 10 anos! E a legislação brasileira impede que os gaúchos possam processar o clube catalão...
A diretoria do Grêmio está revoltada.
Promete 'tomar providências', 'ir à Fifa'.
Dirigentes falam em aliciamento, roubo.
Perdeu sua grande revelação desde Ronaldinho Gaúcho.
Mas a verdade é que todos sabem em Porto Alegre.
A legislação brasileira os deixam de mãos amarradas.
A história começou como um conto de fadas.
Graças ao ex-jogador Paulo César, o Grêmio ganhou uma concorrência ferrenha, duríssima. O clube gaúcho disputou com unhas e dentes o maranhense Emanoel Ferreira. Um garoto de nove anos, canhoto, muito talentoso, com visão de jogo diferenciada. A ponto de ganhar o apelido de "Messi do Maranhão". O controle de bola de Manu era algo impressionante.
São Paulo, Corinthians e Santos se interessaram pelo menino.
Mas o Grêmio foi mais efetivo.
Ofereceu um emprego bem remunerado ao pai do garoto.
E desde o ano passado, Manu desfilava seu talento no Rio Grande do Sul.
Ganhou a camisa 10.
E foi campeão e destaque do Campeonato Gaúcho sub-10.
A diretoria estava empolgada com o menino.
No intervalo de alguns jogos, ele aparecia no telão, durante o intervalo.
2reproducaogremio Uma demonstração como está o mercado de futebol no mundo. O Grêmio se revolta. Perdeu sua revelação de 10 anos para o Barcelona. 10 anos! E a legislação brasileira impede que os gaúchos possam processar o clube catalão...
Fazia embaixadas, empolgava os torcedores na arena gremista.
Ficam certos de que havia um futuro craque nascendo no clube.
Só que chegou o fim da temporada em 2016.
E em fevereiro chegou a notícia.
Manu estava na Espanha.
Mais exatamente na Catalunha.
No Barcelona.
Estava fazendo testes para ser incorporado pelo clube.
A situação já incomodou profundamente a direção gremista.
Só que tudo iria piorar neste começo de mês.
Os garotos da categoria sub-11 reapareceram.
E nada de Manu ou seu pai surgirem no clube.
Não há a menor dúvida.
Manu conseguiu passar nos testes catalães.
E não jogará mais no Grêmio.
3reproducao2 Uma demonstração como está o mercado de futebol no mundo. O Grêmio se revolta. Perdeu sua revelação de 10 anos para o Barcelona. 10 anos! E a legislação brasileira impede que os gaúchos possam processar o clube catalão...
Sites de torcedores tricolores já anunciavam.
O clube havia descoberto a sucessor de Ronaldinho Gaúcho.
O entusiasmo se explicava pela habilidade do menino.
Mas a animação virou revolta.
Fotos ao lado de Messi, Suárez e Mascherano denunciam.
Manu está em Barcelona.
Pessoas ligadas ao Grêmio reclamam.
Avisam que vão processar o Barcelona.
2divulgacao Uma demonstração como está o mercado de futebol no mundo. O Grêmio se revolta. Perdeu sua revelação de 10 anos para o Barcelona. 10 anos! E a legislação brasileira impede que os gaúchos possam processar o clube catalão...
Podem ir à Fifa exigir a reapresentação do menino.
Só que a legislação brasileira é cruel.
O Grêmio não tem qualquer vínculo legal com o jogador.
Só a partir dos 14 anos, a ligação entre clube e atleta é válida.
Ou seja, Manu e Barcelona estão absolutamente tranquilos.
A esperança gaúcha pode se estabelecer na Catalunha.
E já há comentários que ele seguirá os passos de Messi.
A começar por um tratamento de crescimento e fortalecimento.
Ele é muito baixo para sua idade.
A situação demonstra como a legislação está defasada.
Garotos com menos de 14 anos já demonstram potencial.
E são tratados como jogadores.
O Barcelona está acostumado a arrebanhar garotos promissores.
No mundo todo.
E cada vez com menos idade.
A estratégia é a mesma seguida pelo Grêmio.
Oferecer emprego, moradia, carro para os pais dos meninos.
Advogados esportivos já dão como causa perdida.
Se Manu conseguir se firmar no Barcelona, pode ficar tranquilo.
Não deverá absolutamente nada ao time gaúcho.
Nem satisfação.
Com dez anos, ele pode fazer o que quiser.
Jogar onde bem entender.
Tudo apenas mudará ao completar 14 anos.
Manu tem tudo para se transformar em uma bela lembrança.
O talentoso menino canhoto do telão que um dia jogaria no tricolor.
Mas tem tudo para se transformar no mais precoce abandono gremista...
http://r7.com/sl_N

0 comentários:

Postar um comentário