segunda-feira, 15 de maio de 2017

Campanha contra o Aedes vai durar 10 anos; ações abrangem capital e interior

Segunda, 15 de Maio de 2017 - 10:05

Campanha contra o Aedes vai durar 10 anos; ações abrangem capital e interior

por Renata Farias / Luana Ribeiro
Campanha contra o Aedes vai durar 10 anos; ações abrangem capital e interior
Fotos: Renata Farias / Bahia Notícias 
Agente de endemias(Adustina-BA)Jailson Rodrigues do Nascimento, 20 anos atuando como ACE, não foi reconhecido perante a Justiça.A lei 11.350/2006, não foi aplicada no município de Adustina.
Foto: blog.www.adustinaadsa.com

 
A campanha de combate ao mosquito Aedes Aegipty, elaborada pelo governo do Estado no contexto do programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde, terá duração de dez anos, com a perspectiva de educar uma geração. A campanha será executada em Salvador e no interior, com o uso de diversas estratégias, a depender do público, o que incluirá um vídeo em 360º, uma mini-gincana sobre o ciclo de vida do mosquito, um mini-cinema para a difusão de vídeos educativos, em parceria com influenciadores digitais e ações nas redes sociais Dois caminhões serão utilizados como apoio ao projeto.
“Nós temos 2100 predios espalhados no estado. São 1300 escolas com 800 anexos. Portanto a ideia nossa é fazer isso em todas as escolas. Óbvio que você sempre escolhe aqueles locais que a própria saúde indica, onde que a gente tem inclusive uma maior leitura, uma melhor leitura de como ali começar um processo, mas o ideal é que a gente faça exatamente disso uma prática cotidiana”, explica o secretário de Educação, Walter Pinheiro, acrescentando que a ideia é discutir o tema “permanentemente” nas salas de aula. Após passar pelo Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, em São Marcos, onde a campanha foi lançada na manhã desta segunda-feira (15), o cronograma segue nos dias 17 e 18 no Colégio Estadual Presidente Costa e Silva; 19 a 26 no Salvador Shopping;  29 e 30 no Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, em Camaçari; 31 de maio a 1º de junho no Colégio Estadual Polivalente de Camaçari ; seguindo para outras cidades no interior do estado a partir daí.

0 comentários:

Postar um comentário