quinta-feira, 18 de maio de 2017

'Não havia nada concreto, mas agora há', diz Lauro Jardim

QUINTA, 18/05/2017, 07:21 Jornal da CBN - Entrevista

'Não havia nada concreto, mas agora há', diz Lauro Jardim

O jornalista do O Globo que revelou as gravações envolvendo o presidente Michel Temer disse que ficou como todas as pessoas quando teve acesso à informação. Segundo ele, é 'de cair o queixo, muito impressionante' que mesmo diante da magnitude da Lava-jato, políticos continuem mantendo esse tipo de conversa. Lauro Jardim também afirmou que mais novidades devem vir à tona nesta quinta-feira.


  • Código copiado!
O senador do PSDB Aécio Neves e o presidente Michel Temer. Foto: Givaldo Barbosa/Agência O Globo (Crédito: )
O senador do PSDB Aécio Neves e o presidente Michel Temer. Foto: Givaldo Barbosa/Agência O Globo

CONTEÚDO RELACIONADO

  • Quinta, 18/05/2017, 06:21
    Compra de silêncio, protestos e pedido de impeachment: a gravação de Temer (Crédito: )
    Política

    Compra de silêncio, protestos e pedido de impeachment: a gravação de Temer

    O dono da JBS, Joesley Batista, entregou ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, uma gravação de uma conversa com o presidente da República em que ele dá aval a comprar o silêncio de Eduardo Cunha, segundo O Globo: 'tem que manter isso, viu'. A notícia caiu como uma bomba em Brasília. Câmara e Senado suspenderam as sessões diante de protestos de parlamentares. Alessandro Molon protocolou um pedido de impeachment. Há até quem defenda renúncia. Aécio Neves também foi gravado pedindo R$ 2 milhões. Confira todos os destaques e saiba qual foi a resposta de cada um dos citados:
  • Quinta, 18/05/2017, 07:24
    Congresso é fechado para PF fazer buscas em gabinetes (Crédito: )
    Polícia

    Congresso é fechado para PF fazer buscas em gabinetes

    Aécio Neves é um dos alvos da nova fase da Operação Lava-jato e também tem sua residência no Lago Sul, em Brasília, sendo alvo de um mandado de busca. Servidores do Congresso são autorizados apenas a bater o ponto e depois têm que se retirar.
  • Quinta, 18/05/2017, 06:54
    'Só uma solução: eleição direta', avalia Miro Teixeira (Crédito: )
    Jornal da CBN - Entrevista

    'Só uma solução: eleição direta', avalia Miro Teixeira

    Após a divulgação de uma gravação em que Michel Temer deu aval para Joesley Batista, da JBS, comprar o silêncio de Eduardo Cunha, o deputado federal da Rede defendeu a 'pacífica, democrática e constitucional solução de devolver ao povo a escolha do governante'. Segundo ele, 'sem isso, vamos viver sucessivas crises. E a maior será sempre a próxima'. O deputado afirmou ainda que a PEC de autoria dele que prevê eleição direta para presidente em caso de renúncia ou impeachment poderia ser votada em até 20 dias, mas ele disse que, para isso, é preciso haver vontade dos parlamentares. Teixeira explicou que o pleito poderia ocorrer em até 90 dias depois de o cargo ficar vago. Atualmente, a Constituição prevê eleições indiretas em caso de queda do presidente.
  • Quinta, 18/05/2017, 06:28
    Nova fase da Lava-jato faz buscas em imóvel de Aécio Neves (Crédito: )
    Polícia

    Nova fase da Lava-jato faz buscas em imóvel de Aécio Neves

    Presidente nacional do PSDB foi flagrado em gravação por Joesley Batista, da JBS, pedindo R$ 2 milhões, segundo a TV Globo. Agentes estão em prédio de Ipanema, além de Copacabana e Tijuca. Além dele, também são alvos a irmã Andrea Neves e Altair Alves, que é apontado com braço direito de Cunha.
  • Quinta, 18/05/2017, 02:46
    'Os aliados não vão colocar a cabeça na guilhotina por Temer', diz cientista político (Crédito: )
    CBN Madrugada - Entrevista

    'Os aliados não vão colocar a cabeça na guilhotina por Temer', diz cientista político

    O professor da PUC-Rio, Ricardo Ismael, disse que Temer vai ficar em uma situação insustentável, sem controle da base aliada, se não conseguir esclarecer a denúncia sobre ele ter dado aval para compra de silêncio de Eduardo Cunha. Com a divulgação da gravação feita pela PGR, o cientista político aposta agora em uma renovação política e diz que a prática de caixa 2 frauda a democracia.
  • Quarta, 17/05/2017, 23:31 Política

    Procurador diz que enquanto política e leis não mudarem Brasil viverá uma crise atrás da outra

    O procurador da República Carlos Fernando Lima, integrante da Força-Tarefa da Lava-jato em Curitiba, se manifestou em sua conta no Facebook. Ele disse que a população não pode aceitar a ideia de é preciso encerrar as investigações, jogando tudo debaixo do tapete em troca de uma recuperação econômica. Para Carlos Fernando Lima, enquanto a política e as leis processuais e penais não passarem por mudanças, o país viverá uma crise atrás de outra.
  • Quarta, 17/05/2017, 20:28
    Lindbergh pede impeachment de Michel Temer (Crédito: )
    Polícia

    Lindbergh pede impeachment de Michel Temer

    Magno Malta, que faz parte da base de Temer, rebateu imediatamente a declaração de Lindbergh Faria e disse achar hilário o comentário do parlamentar. A sessão do Senado ficou eufórica depois da delação dos donos da JBS que disseram ter gravado o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado Eduardo Cunha. A sessão da câmara foi encerrada com urgência depois da confusão entre os parlamentares.
  • Quarta, 17/05/2017, 20:25
    'Se Temer não tivesse medo da impunidade, não compraria silêncio das pessoas' (Crédito: )
    Jornal da CBN 2ª Edição - Entrevista

    'Se Temer não tivesse medo da impunidade, não compraria silêncio das pessoas'

    Segundo Jorge Bastos Moreno, apresentador da CBN e colunista do jornal O Globo, a notícia de que Michel Temer deu aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha impactou a nação. A realidade é triste para o país e reflete uma crise sem precedentes.
  • Quarta, 17/05/2017, 20:00
    Temer não terá condições de continuar no governo após gravação da JBS (Crédito: )
    Momento da Política - Merval Pereira

    Temer não terá condições de continuar no governo após gravação da JBS

    O material gravado pelo dono da empresa revelou que o presidente deu aval para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. A notícia é devastadora Além disso, o senador Aécio Neves foi gravado no momento em que pedia propina. O sistema político brasileiro está doente e deve ser recomeçado.

0 comentários:

Postar um comentário