segunda-feira, 8 de maio de 2017

Padre natural de Araci nomeado bispo pelo Papa Francisco vai Evangelizar na Prelazia de Itacoatiara, Estado do Amazonas

Araci-BA

domingo, 07 de maio de 2017 00:18

Padre natural de Araci nomeado bispo pelo Papa Francisco vai Evangelizar na Prelazia de Itacoatiara, Estado do Amazonas

Padre Ionildo tem 55 anos de idade e 25 de ordenação
Após ser nomeado pelo papa, Ionilton vive a expectativa da ordenação do bispado | Foto: Raimundo Mascarenhas
O Padre José Ionilton Lisboa de Oliveira, 55 anos, Religioso Vocacionista, nomeado bispo pelo Papa Francisco no dia 19 de abril, será ordenado no dia 16 de julho deste ano durante uma missa que será celebrada na cidade de Araci, sua terra natal, município localizado no território do sisal.
A celebração será presidida pelo bispo da Diocese de Fall River, Massachusetts, Dom Edgar Moreira da Cunha, brasileiro natural de Riachão do Jacuípe, único bispo da Sociedade Divinas Vocações. No dia 30 de julho Ionilton  iniciará seu trabalho na Prelazia de Itacoatiara, a terceira cidade mais populosa e centenária do estado de Amazonas, de acordo com estimativas do IBGE.
Religioso ainda não conhece a localidade onde irá iniciar a sua nova missão
Questionado pelo CN como ficou sabendo da notícia que havia sido nomeado bispo, padre José Ionilton disse que foi consultado no dia 04 de abril, durante o retiro mensal do Vocacionário São José, que estava sendo realizado em Pé de Serra e que Dom Ottorino bispo da Diocese de Serrinha queria uma resposta imediata. “Eu pedi um tempo, pois precisava rezar, refletir, ouvir a Congregação a qual faço parte. Dom Ottorino disse que não era bom dizer não à Igreja e me deu um prazo até o dia seguinte às 9 horas da manhã”, disse o futuro bispo.
De acordo com Ionilton, no mesmo dia ele falou por telefone com o Padre Geral da Congregação, Antônio Rafael, que mora em Roma (Itália), que o incentivou a dizer sim e falou que havia dito parecer favorável na consulta que tinha recebido. “Falei por telefone, também, com o Padre Provincial José Carlos, e partilhei minha preocupação com a quantidade de religiosos na Província, mas ele disse que eu deveria dizer sim, que neste novo ministério eu poderia servir em nome da Congregação e da Província Vocacionista do Brasil”. Afirmou
“A leitura breve da Oração da Manhã da Liturgia das Horas, da quarta, dia 05 de abril, trazia o texto de Isaías que entre outras coisas dizia: “O Senhor abriu-me os ouvidos; não lhe resisti nem voltei atrás”… O Senhor Deus é meu Auxiliador, por isto não me deixei abater o ânimo… porque sei que não sairei humilhado” (50, 5-7) e depois de rezar e refletir, embora ainda assustado, mas lembrando-me do que nos ensina Paulo “a nossa capacidade vem de Deus” (2Cor 3,5), decidi dizer sim”.
O núncio responde pela papa em um país perante a igreja católica e perante o governo. Foto: Raimundo Mascarenhas
Na conversa por telefone com o Núncio Apostólico no Brasil, dom Giovanni d’Aniello, Padre Ionilton falou que não conhecia nada do Norte do Brasil e nem da Prelazia de Itacoatiara e o Núncio respondeu: “assim é melhor. Embora, creio que se devia dar um tempo maior para reflexão a quem é indicado para este ministério”, disse.
José Ionilton permanecerá morando no Vocacionário São José em Riachão do Jacuípe e ajudando nos trabalhos da Paróquia até o fim de junho, enquanto a coordenação da Província Vocacionista no Brasil decide quem vai o substituir.
O novo bispo disse ainda que pediu ajuda ao Padre Graciomar Gama, Administrador da Prelazia, e mandou seu e-mail e o número do celular com whatsapp para se comunicar virtualmente, até sua chegada em Itacoatiara no final de julho, quando poderá vivenciar a comunicação presencial. “Confiando na Palavra de Deus que através de Paulo nos diz: ‘a nossa capacidade vem de Deus’ (2Cor 3,5), bem como na exortação de Jesus no envio missionário em Mateus capítulo 10: ‘Não tenham medo’ (vv. 26, 28 e 31), dou meu sim, desejando ser mais um servidor entre vocês que vivem a sua vocação e missão nesta Prelazia. Quero somar à missão evangelizadora que já vem sendo realizada desde o ano de 1963 quando esta Prelazia foi criada até hoje”, contou o Vocacionista.
Catedral de Itacotiara
Padre Ionilton disse, também, que irá trabalhar em comunhão com os leigos, leigas, clero, consagradas e consagradas, numa Igreja toda vocacional e ministerial, que acolhe e busca servir todas as pessoas, mas que deseja servir especialmente aos empobrecidos e excluídos da sociedade, para que todos tenham vida procurando ser uma Igreja pobre e para os pobres, samaritana e advogada da justiça.
Desde o dia 09 de junho do ano passado, o Padre Graciomar Gama Fernandes vem atuando, por determinação do Arcebispo da Arquidiocese de Manaus (AM), Dom Sérgio Castriani, como Administrador da Prelazia de Itacoatiara, pois o bispo da Prelazia, Dom Carillo, faleceu e a igreja local está vacante. “Desde o dia 04 de abril, dia que foi consultado, trago vocês no coração e na oração e peço que rezem por mim, para que de fato eu ‘esteja no meio de vocês como aquele que serve’ e se eu me desviar deste caminho, ajudem-me, corrijam-me”, concluiu Padre Ionilton em sua mensagem ao Povo de Deus da Prelazia.
A Prelazia de Itacoatiara é composta de 07 municípios e neles estão localizadas 13 paróquias. O religioso irá assumir um trabalho em uma região bem diferente da sua origem e dos lugares por onde atuou.
Biografia
Bispo durante Assembleia Geral na CNBB em Aparecida na semana passada
Natural do município de Araci, região sisaleira, bioma caatinga, onde recebeu suas primeiras orientações religiosas através de sua família, especialmente de sua mãe Antônia, já falecida, dos membros da Paróquia Nossa Senhora da Conceição do Raso, onde atuou pastoralmente até os seus 22 anos, como jovem leigo.
Ele nasceu em 09 de março 1962, na Fazenda Chã, estudou o ABC em casa com sua mãe Antônia em 1968 e fez o curso primário no Colégio Dom Jackson Berenguer Prado no período de 1969 a 1972. Estudou o curso ginasial no Centro de Educação Municipal Oliveira Brito (CEMOB) de 1973 a 1976 e o Ensino Médio, Técnico em Contabilidade, também no CEMOB de 1977 a 1979.
Agricultor familiar, antes de seguir para o seminário, trabalhou na roça no plantio e colheita de feijão, milho, mandioca e em motor de sisal como cortador de palha de 1968 a 1974. Foi também feirante em barraca de doces e bebidas, em uma das estradas que dá acesso à cidade de 1968 a 1974, vendedor e entregador de jornal na cidade, engraxate, funcionário de uma barraca de revistas, frutas e loteria esportiva na cidade, empacotador de supermercado e funcionário do escritório de contabilidade ORCONTAL de 1976 a 1984.
Igreja Matriz de Araci
Foi batizado em 30 de abril de 1962, crismado criança, fez a primeira Eucaristia em 1969, participou do MEJ e foi Coroinha de 1969 a 1973. Membro de grupo de jovens de 1974 até 1984, Ionilton também foi catequista de preparação para a primeira eucaristia de crianças e participou do Grupo de Cantos e da CEB Urbana no bairro do Matadouro.
Participou do Curso de Conscientização Vocacional (CCV), realizado pela Congregação Vocacionista na Paróquia de Araci, entrou no Vocacionário Nossa Senhora Aparecida da Congregação em Vitória da Conquista no ano de 1984. Fez o Noviciado em 1985 e professou os primeiros votos em 1986 e quatro anos depois fez a Profissão Perpétua. Estudou Filosofia no Instituto Nossa Senhora das Vitórias, Diocese de Vitória da Conquista e Teologia na Escola Teológica do Mosteiro São Bento, Rio de Janeiro e há 25 foi ordenado padre e “agora desejo continuar vivendo, este novo ministério que a Igreja está me confiando na Prelazia de Itacoatiara na Amazônia”, concluiu padre Ionilton a conversa com o CN.
Ouça a reportagem com Vilmara de Assis
Tocador de áudio
00:00
00:00
Participação da 55ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
Terminou na quinta-feira (04/05), a 55ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) no Santuário Nacional de Aparecida e dentro da programação foi celebrada uma Missa na Basílica de Aparecida presidida pelo Núncio apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello e concelebrado pelos novos bispos, isto é, pelos bispos nomeados desde a última Assembleia Geral, dentre eles, Padre José Ioniton

0 comentários:

Postar um comentário