quarta-feira, 31 de maio de 2017

Por fraude, STJD pede exclusão do Internacional do Campeonato Brasileiro da Série B


Por fraude, STJD pede exclusão do Internacional do Campeonato Brasileiro da Série B

Comissão que investigou o clube no caso Victor Ramos entendeu que dirigentes e advogados usaram emails adulterados

por Agência Futebol Interior
Porto Alegre, RS, 31 (AFI) – A tentativa do Internacional de permanecer na Série A através de uma possível irregularidade de Victor Ramos no Vitória pode custar caro ao clube gaúcho. Nesta quarta-feira, a Comissão que investigou o clube entendeu que dirigentes e advogados utilizaram emails adulterados para tentar provar o suposto erro na inscrição do zagueiro, e isso pode levar o Inter a ser excluído do Campeonato Brasileiro da Série B.
Victor Ramos, hoje na Chapecoense, foi pivô de caso polêmico
Victor Ramos, hoje na Chapecoense, foi pivô de caso polêmico
No relatório de conclusão do inquérito do caso, o STJD também sugere a suspensão dos dirigentes Colorados. Entre as punições possíveis estão o artigo 61 do Código Disciplinar da Fifa, e o artigo 234 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).O caso de expulsão está previsto na federação internacional como a mais grave possível para a infração de falsificação de documentos. Outra punição cabível ao Internacional seria a possibilidade de o clube não poder contratar mais jogadores. O cenário menos temerário seria se a Procuradoria denunciar conforme o relatório indica, e aí o clube teria que pagar somente uma multa.
A punição do CBJD prevê suspensão de seis meses até dois anos aos dirigentes apontados como culpados no relatório, que nesse caso são o ex-presidente Vitório Píffero e o vice-jurídico Gustavo Juchen. O relatório tem sido tratado nos bastidores do Tribunal como uma “bomba”.
O CASO
O time gaúcho foi rebaixado no ano passado. Mas, desde então, vem alegando que o Vitória entrou em campo com o jogador Victor Ramos de forma irregular, depois de não o registrar como uma transferência internacional. Se isso fosse comprovado, o time poderia ser punido com a perda de pontos e, assim, entraria na lista dos rebaixados no lugar do Inter.
No Brasil, porém, o caso foi arquivado. Um golpe ainda foi a decisão do STJD de anunciar que os documentos que o Inter havia apresentado estavam adulterados. Isso incluía e-mails e outras comunicações.

0 comentários:

Postar um comentário