sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Adustina-Ba. 1º lugar, em risco de surto, de(Dengue, Zika, e Chikungunya)

Adustina-Ba: 1º lugar dos 18 municípios(11ª Dires) regional Alagoinhas.
Equipe de Agentes de Endemias da atual gestão(2017-2020) aprovados no ultimo concurso realizado em Adustina. pela gestão anterior, e convocados pela atual gestão.

Prefeitura mobiliza toda a cidade contra o mosquito Aedes Aegypti .(2016)




A Prefeitura de Adustina realizou hoje (18) uma intensa mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti em todas as ruas e bairros da cidade. A ação de combate, planejada pela coordenação municipal, através da secretaria municipal de Saúde, envolveu todos os agentes de endemias, e somente o ACS José Roque, do bairro Guarujá, compareceu na mobilização, a equipe de Vigilância sanitária visitou vários comércios explicando como se livrar deste mosquito.
Durante o mutirão foram realizadas visitas de casa em casa para inspeção, tratamento de possíveis focos do mosquito e para aplicação larvicida em depósitos.
A partir do dia 19 de fevereiro, agentes de saúde e endemias irão visitar imóveis e pontos comerciais, inclusive os que estiverem fechados. Segundo informou o coordenador de endemias Jailson Rodrigues, a mobilização faz parte de ações referentes ao Dia Nacional de Combate ao mosquito transmissor. “O mutirão é uma ação importante no sentido de mobilizar e sensibilizar toda a população no trabalho de combate ao Aedes e afastar o perigo de epidemia de dengue, zika vírus e febre chikungunya”, disse Jailson Rodrigues coordenador de endemias.













Durante a campanha todas as secretarias municipais participaram da mobilização nas ruas e bairros recolhendo de todo tipo de objetos que sirva como criadouro, como pneus, sacos, também foram recolhidos na ação materiais sem utilidade, tais como pedaços de madeira e metal, móveis e eletrodomésticos quebrados, colchões velhos, entre outros – uma recomendação fundamental para o controle do mosquito.

A ação também contou com o envolvimento do secretário de Saúde Rodrigo Ferreira, e das funcionárias Ednalva Abreu, e Fabricia da escola Maria Ester do bairro Guarujá, também as enfermeiras Wheidna, PSF (Bom Jesus) e a coordenadora epidemiológica do município Nailda Couto.



0 comentários:

Postar um comentário