domingo, 31 de dezembro de 2017

Assembleia Legislativa inicia regime de turnão na terça-feira, 2

Assembleia Legislativa inicia regime de turnão na terça-feira, 2

O regime de turnão durante o recesso parlamentar já uma tradição da Assembleia.
Da Redação , Salvador | 31/12/2017 às 11:03
Turnão na ALBA
Foto:
Após o esforço para cortar custos ao longo do ano, que resultou na devolução de R$ 555 mil aos cofres do Governo do Estado, a Assembleia Legislativa da Bahia toma outra iniciativa para economizar recursos com o início do regime do turnão a partir da próxima terça-feira, dia 2. No período de recesso parlamentar, no mês de janeiro, o expediente administrativo do Parlamento  começará às 13h seguindo de forma  ininterrupta até às 19h, de segunda a quinta-feira. Às sextas-feiras, a Casa  manterá o horário normal de funcionamento – expediente das 8h30 ao meio-dia. 

Durante todo o recesso parlamentar, o restaurante e o refeitório da Casa permanecerão fechados. A agência bancária do Bradesco e a agência  dos Correios, no entanto, vão manter os horários normais de funcionamento – das 10h às 16h e das 9h às 19h, respectivamente. Já  os ônibus que fazem os roteiros para trazer e levar os servidores terão seus horários alterados, funcionando partir do meio-dia (exceto nas sextas-feiras), e seguirão os mesmos roteiros. Ao final do expediente, os coletivos sairão da Assembleia às 19h e também seguirão os roteiros pré-determinados. 

A lanchonete e o salão de beleza, ambos geridos pela Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa da Bahia (Assalba), funcionarão das 10h às 19h. Outros serviços considerados essenciais para o funcionamento da Casa, como a limpeza, a manutenção, a segurança e a guarda, feita pela Polícia Militar, também terão o horário de expediente ampliado. 

O chefe de gabinete da presidência, Márcio Barreto, explicou que durante o regime de turnão a Assembleia economizará com energia, telefone, água, materiais em geral e, sobretudo, com a alimentação dos servidores. Ele lembrou ainda que os esforços liderados pelo presidente da Casa, deputado Angelo Coronel (PSD), não só resultou na devolução de recursos para o governo - quebrando uma tradição histórica da Casa de não fechar as contas e pedir suplementação orçamentária ao Tesouro estadual – como também possibilitou as reformas do plenário e recepção, inclusive com a instalação de detectores de metal. O regime de turnão durante o recesso parlamentar já uma tradição da Assembleia.

0 comentários:

Postar um comentário