sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Rui revela reunião e reitera hipótese de PT abrir mão de candidatura

Publicado em 16/02/2018 às 11h32.

Rui revela reunião e reitera hipótese de PT abrir mão de candidatura

“Se Lula puder ser candidato, ótimo. Se não puder, vamos discutir um nome. Não necessariamente precisa ser do PT", afirmou governador

Rodrigo Aguiar / Rodrigo Daniel Silva/bahia.ba.
www.adustinaadsa.com
Rui Costa e Lula_reproducao_facebook
Foto: Reprodução / Facebook

O governador Rui Costa (PT) revelou nesta sexta-feira (16) uma primeira reunião entre legendas aliadas do Partido dos Trabalhadores para discutir o cenário da eleição presidencial e contou que pretende participar do segundo encontro, previsto para o final de fevereiro. “Se confirmar, estarei presente”, afirmou.
Ao contrário de outros petistas – que usualmente têm se recusado a comentar uma possível eleição sem Lula e insistem que “não há plano B” – Rui considerou novamente a possibilidade até de apoio a um candidato de fora do Partido dos Trabalhadores.
“Se Lula puder ser candidato, ótimo. Se não puder, vamos discutir um nome. Não necessariamente precisa ser do PT, porque a gente tem que passar ideia de que o interesse maior é a nação brasileira”, declarou.
Socialistas e tucanos – Sobre a relação entre o PSB, seu aliado local, e os tucanos em São Paulo, Rui disse não acreditar que o vice-governador de São Paulo, Márcio França, vá se filiar ao PSDB, do governador Geraldo Alckmin.
“O prefeito de São Paulo [João Doria] esteve aqui no Carnaval e voltou a afirmar que quer disputar prévia [para o governo]. É um convite meio amargo: sair do seu partido para aventurar uma prévia com alguém que já está no partido há mais tempo”, opinou o governador baiano.

0 comentários:

Postar um comentário