segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Wagner e Rui Costa do PT: desvio de R$ 450 milhões, segundo PF

Wagner e Rui Costa do PT: desvio de R$ 450 milhões, segundo PF


“Conforme apurado durante as investigações, a licitação que culminou com a Parceria Público Privada nº 02/2010 foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações – FNP, formado pelas empresas Odebrecht e OAS (…). A obra, segundo laudo pericial, foi superfaturada em valores que, corrigidos, podem chegar a mais de R$ 450 milhões, sendo grande parte desviado para o pagamento de propina e o financiamento de campanhas eleitorais”, disse em nota a Polícia Federal. 
Segundo o site Bahia Notícias, a operação Cartão Vermelho cumpre mandado na casa de Jaques Wagner, no Corredor da Vitória.

PF recolhe da casa de Jaques Wagner 15 relógios de luxo, celulares, documentos e computador

De acordo com a PF, os relógios foram presentes dados ao petista pela Odebrecht

Redação VN 
redacao@varelanoticias.com.br 
Após cerca de 2h de realização da Operação Cartão Vermelho, na casa do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), a Polícia Federal apreendeu 15 relógios de luxo, celulares, documentos e um computador. Os dados foram apresentados pela Polícia Federal no final desta manhã (26) na sede do órgão em Salvador.  De acordo com a PF os relógios foram presentes dados ao petista pela Odebrecht, como pagamento de propina no caso investigado pela Operação Cartão Vermelho, de irregularidades na contratação dos serviços de demolição, reconstrução e gestão da Arena Fonte Nova. Além disso, foi divulgado que Wagner teria recebido R$ 82 milhões de propina.

0 comentários:

Postar um comentário