domingo, 11 de março de 2018

20 Clubes Brasileiros Que Mudaram Muito Seus Escudos


20 Clubes Brasileiros Que Mudaram Muito Seus Escudos

Confira como eram os escudos dos times de futebol brasileiro e como são hoje. As transformações dos escudos que alguns grandes times, como Flamengo, Corinthians e Atlético passaram são incríveis, você não vai acreditar!
Escudos_dos_times_do_Brasileiro_2015_s_rie_a (1).jpg A maioria dos clubes de futebol tiveram seus emblemas modificados e atualizados com o passar dos anos, porém alguns dos escudos originais não tinham nada em comum com os escudos que conhecemos atualmente. Fique por dentro das alterações no estilo dos escudos dos times e também daqueles que não mudaram tanto assim. Alguns são irreconhecíveis!

Grêmio

gremio.jpg O Grêmio de Porto Alegre possui um escudo inspirado na forma de uma bola de futebol. Ao longo dos anos o emblema mudou bastante, porém a mais significativa dessas mudanças ocorreu em 1963 quando a palavra “Grêmio” ganhou destaque, substituindo o termo “Foot-Ball” no centro do escudo. Desde então, o Tricolor Gaúcho usa o mesmo modelo que contém a data de fundação do clube, 1903, grafada em preto na parte superior e a sigla FBPA que significa Foot-Ball Porto Alegrense, adotando apenas pequenas atualizações de design com o passar das décadas. Uma melhoria e tanto!

Internacional

inter.jpg O Internacional foi um dos times que mexeu pouco no seu escudo. A base sempre foi a mesma: cores vermelho e branco, com as inicias “S”, “C” e “I” entrelaçadas em um formato redondo. A principal diferença do primeiro distintivo do clube, que tinha as letras em vermelho sobre um fundo branco, foi inversão desse padrão de cores para como é hoje, com fundo vermelho. Desde 2009, ano do centenário do clube, o símbolo tem a inscrição S.C. Internacional e o ano de fundação do clube na parte inferior, 1909.

Figueirense

7-figueirense---o-figueirense-futebol-clube-de-florianopolis-sc-foi-fundado-em-12-de-junho-de-1921-1485982688307_956x500.jpg O Figueirense Futebol Clube, de Florianópolis (SC), foi fundado em 12 de junho de 1921. Quando foi criado, seu escudo tinha menos elementos e era composto apenas pelas letras “F” “C” “C” entrelaçadas, ao mesmo estilo do emblema do Internacional. Com o passar dos anos, esse layout foi se atualizando até chegar no que temos hoje: um escudo listrado em preto e branco, com a árvore da figueira no centro, cruzada pelas iniciais do clube, e um grande círculo ao redor do escudo onde se lê Figueirense F.C. na parte superior, e Santa Catarina na inferior. Ficou bem mais bonito né?!

Coritiba

coritiba.jpg Fundado em 1909, o Coritiba carrega o nome da capital paranaense como era escrito na época, e teve a grafia atualizada alguns anos mais tarde. Desde os primórdios, o emblema já carregava as cores verde e branca, sendo o primeiro clube alviverde do Brasil. Seu escudo passou por diversas mudanças ao longo dos anos, e a primeira delas foi a adoção do desenho circular envolvendo as iniciais do clube. Que diferença!

Palmeiras

palmera.jpg O Palmeiras passou por diversas mudanças ao longo de sua história, mudando inclusive o nome. Fundado originalmente como Palestra Italia, os primeiros escudos tinham as letras “P” e “I” entrelaçadas. As letras eram brancas, mas foram substituídas por verde e vermelho em alusão à bandeira italiana. A exemplo do ocorrido com o Cruzeiro, com a Segunda Guerra Mundial, o clube foi obrigado a mudar de nome e passou a se chamar Sociedade Esportiva Palmeiras durante a década de 40. Com isso, o escudo ficou somente com a letra “P” em branco em um fundo verde. No final dos anos 50 o emblema ganhou o desenho atual, com formato redondo nas cores verde e branco com o tradicional “P” na parte superior e a inscrição “Palmeiras” em branco.

Sport

sport.jpg O Sport Club do Recife, mais conhecido como Sport Recife ou apenas Sport, foi fundado em 1905 e possui o leão como seu grande símbolo e mascote. Porém nem sempre seu escudo se pareceu com o que conhecemos hoje. Nos primórdios, o brasão tinha um desenho muitíssimo mais complexo, com elementos de remo, críquete, tênis, caça submarina e futebol, todos esportes praticados pelo clube na época. Na década de 20 foram adotadas diversas mudanças nesse desenho, simplificando o intrincado conjunto de elementos pelo leão, que é utilizado até hoje e as cores rubro negras ao fundo.

Operário

ceov.jpg O Clube Esportivo Operário Várzea-Grandense, foi fundado em 1949 na cidade de Várzea Grande, no estado de Mato Grosso. Seu emblema não mudou muito com o passar dos anos e sempre ostentou as cores verde e vermelho. Dentre as mudanças ocorridas com a atualização do layout, estão a diminuição no número de listras para apenas uma, deixando as cores vermelho e verde divididas por apenas uma faixa branca.

Ceará

ceara.jpg A equipe da cidade de Fortaleza foi fundada em 1914 e possuía o nome de Rio Branco Football Club. As cores de seu escudo eram o roxo e o branco, até o clube enfrentar dificuldades para encontrar camisas roxas e alterar as cores para preto e branco, obviamente mais fáceis de serem encontradas. Além das alterações nas cores, o nome do clube foi mudado para Ceará Sporting Club. Esse mudou completamente!

Santos

santos.jpg Durante os primeiros anos de vida do Santos, o clube possuía um escudo nas cores preto, branco, azul e amarelo com um mapa-múndi colorido com as inscrições SFBC que representavam Santos Foot-Ball Club, mas esse layout nunca chegou a estampar uma camisa oficial. O atual formato surgiu em 1927, já totalmente em preto e branco e com onze listras que representam os jogadores. Na década de 60, o clube passou a utilizar duas estrelas amarelas sobre o escudo, homenageando os títulos mundiais de 1962 e 1963. Esse mudou da água para o vinho!

Cruzeiro

cruzeiro.jpg O Cruzeiro, assim como o Palmeiras, também nasceu Palestra Itália e teve que mudar de nome e de cores devido a Segunda Guerra Mundial. Antes da guerra o clube era chamado Societá Sportiva Palestra Italia, e os primeiros escudos tinham as letras “P”, “I” e “S” entrelaçadas nas cores verde, vermelho, branco e dourado. A partir de 1942, o formato atual começou a ganhar forma com as estrelas brancas em um fundo azul e a inscrição Cruzeiro E. C., e posteriormente Cruzeiro Esporte Clube.

Goiás

gois.jpg O Goiás Esporte Clube foi criado em 1943 e é uma agremiação esportiva baseada em Goiânia, no estado de Goiás. O “verdão da serra”, como é apelidado pela torcida, sempre teve as cores verde e branco como principal característica, porém o escudo mudou bastante desde sua criação. No início o distintivo possuía apenas as iniciais “G” “E” e “C” entrelaçadas dentro de um escudo, até o formato redondo ser adotado, e apenas uma grande letra “G” ser utilizada no centro. Com o passar dos anos e a atualização do emblema foram adicionados o nome completo do clube e sua data de criação no entorno do grande “G”.

Náutico

nautico.jpg O Clube Náutico Capibaribe, mais conhecido apenas como Náutico, foi criado oficialmente em 1901, assim como seu primeiro escudo. Como o nome do clube já sugere, o escudo tinha elementos náuticos, como remos e a âncora, representando o esporte que originou o clube. Em 1931 o antigo escudo foi substituído pela bandeira, e em 1976 as 6 estrelas foram adicionadas no topo do emblema. Mais recentemente, a partir da década de 90 outras atualizações foram realizadas, estilizando-se a bandeira e trocando-se o escrito “Náutico” pelo ano de fundação do clube.

Sampaio Corrêa

sampaiocorrea.jpg O clube de São Luís, no estado do Maranhão, foi fundado em 1923, e teve seu nome escolhido em homenagem ao Hidroavião Sampaio Corrêa II que pousou na cidade em 1922. Assim como o nome do clube, as cores do mesmo também foram inspiradas pelo evento do pouso da aeronave, já que as cores adotadas fazem referência as vestimentas utilizadas pelos dois pilotos na ocasião. A maior alteração no escudo do clube foi a adoção de linhas verdes mais grossas no contorno do brasão, que em geral mantém o mesmo estilo de quando foi criado.

Fluminense

fluminense.jpg O Fluminense foi fundado em 1902, e seu escudo passou por uma mudança radical logo em seus primeiros anos de vida. As iniciais F.F.C. de Fluminense Football Club eram grafadas em vermelho em um fundo metade cinza e metade branco. Além de alterar o emblema, o clube também trocou as cores, mudando do branco e cinza para a entrada do verde, branco e grená. Até hoje o formato permanece o mesmo e as letras em branco são entrelaçadas sobre as cores verde e grená.

Vasco

vasco.jpg O Vasco é outro clube com origem nos esportes náuticos e seu distintivo mudou um pouco desde a criação do primeiro modelo em 1903. A caravela portuguesa com a Cruz de Malta sempre esteve presente, mas o emblema tinha formato redondo com a inscrição C.R. Vasco da Gama. Nos anos 20 foi feita a maior modificação, adotando-se um formato bem parecido com o distintivo atual e incluindo-se a tradicional faixa branca na diagonal.

Atlético-MG

atleticomineiro.jpg O clube Atlético Mineiro nem sempre teve o escudo no estilo que conhecemos atualmente. No início do clube o emblema era formado apenas pelas letras “C”, “A” e “M” grafadas em preto em um fundo branco dispostas de forma arredondada dentro de um círculo. Com o passar dos anos adotou-se o emblema no formado de escudo que conhecemos hoje e a partir da década de 70, acrescentou-se uma estrela amarela que representa a conquista do Campeonato Brasileiro de 1971, o primeiro da história, permanecendo assim até hoje.

São Paulo

saopaulo.jpg Um dos poucos clubes brasileiros que praticamente não mudou seu escudo com o passar dos anos foi o São Paulo, mas mesmo assim o emblema foi atualizado. Desde a criação do clube em 1930 o Tricolor preserva seu brasão, um triângulo invertido de cinco pontas com o lado superior com base em um retângulo. As cores também são as mesmas, o preto, branco e vermelho e as iniciais S.P.F.C. inscritas na parte superior. Uma pequena mudança ocorreu em 1982, quando as iniciais passaram a ser grafadas sem pontos, apenas SPFC como é até hoje. Acima do brasão, o clube utiliza cinco estrelas, três na cor vermelha que representam as conquistas dos títulos mundiais em 1992, 1993 e 2005, e duas em dourado em homenagem aos recordes mundiais do salto triplo de Adhemar Ferreira da Silva, em 1952.

Corinthians

curintia.jpg O Corinthians nem sempre teve o escudo cheio de elementos que conhecemos. Seu emblema evoluiu bastante com o passar dos anos. Os primeiros distintivos apresentavam somente as letras “C” e “P”, posteriormente acrescentou-se a letra”S”. Em 1919, o escudo começou a ganhar os contornos atuais com a adoção da bandeira do estado de São Paulo, o nome Sport Club Corinthians Paulista e a data de fundação, 1910. A âncora, a boia e os remos na cor vermelha vieram em 1939 para homenagear as conquistas do clube no remo. A partir daí, houve somente pequenas reestilizações para modernizar o emblema corintiano.

Botafogo

botafogo.jpg O escudo do Botafogo é representado pela icônica estrela solitária e já foi eleito por diversas revistas e sites especializados como sendo um dos mais bonitos do mundo. Com a fusão em 1942 entre o Club de Regatas Botafogo, fundado em 1894 para a prática do remo, e o Botafogo Football Club, criado em 1904 para o futebol, surgia o Botafogo Futebol e Regatas, o clube que conhecemos hoje com a atual formatação do emblema. O novo escudo utilizou a estrela solitária, símbolo máximo do Club de Regatas Botafogo, com o antigo formato do clube de futebol, que tinha as letras “B”, “F” e “C” sobrepostas em um fundo branco.

Flamengo

flamengo.jpg Assim como o Botafogo e muitos outros clubes brasileiros, o Flamengo teve suas origens no remo. Por esse motivo, os primeiros escudos do clube faziam referência ao esporte aquático muito popular na época, com uma âncora e dois remos cruzados em diagonal com as iniciais “C”, “R” e “F” para Clube de Regatas do Flamengo. O formato atual com a sigla CRF entrelaçada e as listras horizontais pretas no fundo vermelho surgiu em 1911 e sofreu poucas alterações desde então.

0 comentários:

Postar um comentário