quinta-feira, 22 de março de 2018

Bahia lidera ranking de estados com maior número de municípios em crise hídrica

Bahia lidera ranking de estados com maior número de municípios em crise hídrica

Números foram revelados pelo Ministro da Integração Nacional, que não deu informações sobre investimentos para conter os problemas provocados pela seca

Dos 917 municípios brasileiros que estão em crise hídrica, a Bahia ocupa o primeiro lugar, com 211, de acordo com informação divulgada nesta quarta-feira(21), pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, ao participar do 8° Fórum Mundial da Água. Esse número corresponde aos municípios que estão em situação de emergência por seca ou estiagem até o dia 13 de março.
O ministro destacou que a crise hídrica não é mais um problema somente do Nordeste, onde estão a maioria das cidades. Os números revelam que, além dos 211 municípios baianos, 196 na Paraíba, 153 no Rio Grande do Norte, 123 em Pernambuco, 94 no Ceará, 40 em Minas Gerais, 38 em Alagoas, 18 no Rio de Janeiro, 17 do Rio Grande do Sul passam pelo mesmo problema. Há outros estados com número bem maior de cidades que sofrem com a situação.
No fórum, o ministro destacou que é preciso fazer investimentos para ampliar e modernizar o sistema de abastecimento do país, mas não explicou os projetos de emergência do governo para o setor.
Segundo ele, o país tem cerca de 11% da água doce do planeta, mas a distribuição territorial não é uniforme. “Temos de intensificar a cooperação entre os órgãos governamentais. É importante que os estados estejam integrados, otimizar as estratégias de uso racional”, disse.
Ela acrescentou que também é “determinante” revitalizar o Rio São Francisco, buscar integração entre baciais das regiões do Brasil e investir em saneamento básico.
“No momento em que constatamos que a escassez hídrica e a insegurança hídrica não mais se reportam apenas ao Nordeste, é fundamental que as intervenções passem por um diálogo federado”, acrescentou o ministro

0 comentários:

Postar um comentário