segunda-feira, 12 de março de 2018

Feirantes proibidos de vender a menos de 250 metros do mercado ocupam via em Lagarto

Feirantes proibidos de vender a menos de 250 metros do mercado ocupam via em Lagarto

Por LAELSON CORREIA
11/03/2018 às 10:12

Os feirantes de frutas e verduras da feira livre de Lagarto, proibidos pela Justiça de comercializar a menos de 250 metros do Mercado José Correa, escolheram um novo local para o comércio: a Rua da Bica.

Dezenas de barracas tomaram e fecharam a via que fica ao lado do Balneário Bica.

Segundo os feirantes alguém teria “mandado” (sem citar nomes) e deu permissão deles comercializarem no local.

Durante o sábado e este domingo é impossível o trânsito de veículos na rua.



DTTU
O diretor do Departamento de Trânsito de Lagarto, Roberto Chaves foi taxativo e disse que o feirantes invadiram e obstruíram a via sem autorização da Prefeitura Municipal.

“Eles invadiram ilegalmente a via. Teremos quer ver agora a posição na Justiça a se tomar. Eles não podem ficar ali sem uma regulamentação afirmando que aquele espaço será usado para feira livre. Para que isso aconteça a decisão deve ser votada na Câmara de Vereadores. Estamos tomando as medidas cabíveis”, falou Roberto Chaves.

MERCADO MUNICIPAL
Paulo “da Apdel”, representando os feirantes que adquiriram boxes no Mercado Municipal disse que todos estão desanimados pois “estão tratando as pessoas honestas que confiaram e compraram um espaço no Mercado como cachorro”.

Paulo disse que apesar dos preços dos produtos serem os mesmos do pessoal que está vendendo fora as vendas continuam baixas por conta do imbróglio e disse ainda que até a política influencia na clientela:
“Saramandaia não quer nem entrar no mercado, quanto mais comprar”, disse.

FEIRA LIVRE
Durante a semana a Polícia Militar, Guarda Municipal e Agentes de Trânsito trabalharam para cumprir a determinação judicial que proibe feirantes de frutas e verduras de venderem próximo ao Mercado Municipal.



0 comentários:

Postar um comentário