quinta-feira, 8 de março de 2018

Neto diz que ano para reforma da Previdência é 2019: ‘Vai ter governo legitimado pelas urnas’

Quinta, 08 de Março de 2018 - 14:20

Neto diz que ano para reforma da Previdência é 2019: ‘Vai ter governo legitimado pelas urnas’

por Jáfer Araújo, de Brasília / Estela Marques
Neto diz que ano para reforma da Previdência é 2019: ‘Vai ter governo legitimado pelas urnas’
Foto: Orlando Brito
Oficialmente presidente nacional do Democratas, o prefeito ACM Neto avaliou que o ano para votar a reforma da Previdência deverá ser 2019. Não apenas porque já vai ter passado a eleição, mas porque os atores envolvidos no processo terão cacife para tratar do tema. “O próximo ano vai ter governo legitimado pelas urnas, pela escolha popular, e um Congresso renovado também, pelas mesmas urnas”, justificou Neto, após ato de posse no cargo do partido. A cerimônia aconteceu nesta quinta-feira (8), na Câmara dos Deputados, com presença de representantes de pelo menos dez partidos diferentes. O número chamou a atenção para a musculatura que pode ganhar a candidatura de Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, à Presidência da República. Neto voltou a dizer que a candidatura do correligionário não será de governo, mas também não será de oposição. “Nasce como candidatura que tem liberdade de dialogar com todas as correntes políticas, tem missão que vai levar mensagem de defender um novo momento para a política brasileira. (...) A partir de 2018, o pacto político-eleitoral é outro, a lógica é outra”, disse Neto, que não descartou a possibilidade de dialogar com partidos que integrem a base de Michel Temer atualmente. 

0 comentários:

Postar um comentário