domingo, 18 de março de 2018

Nove ministros de Temer devem deixar cargos para disputar eleições

Nove ministros de Temer devem deixar cargos para disputar eleições

Cláudia Nogueira
O Governo do presidente Michel Temer deve sofrer uma verdadeira baixa nas semanas seguintes. Próximo do fim do prazo previsto em lei para que deixem seus respectivos cargos para disputar as eleições (7 de abril), ao menos nove ministros devem se afastar.
De acordo com levantamento feito pelo G1, integram a lista de prováveis afastamentos Marx Beltrão (Turismo), Ricardo Barros (Saúde), Sarney Filho (Meio Ambiente), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), Maurício Quintella (Transportes), Leonardo Picciani (Esporte), Osmar Terra (Desenvolvimento Social), Mendonça Filho (Educação) e Helder Barbalho (Integração Nacional).
Outros dois ministros ainda não confirmaram se irão concorrer ao pleito deste ano: Henrique Meirelles (Fazenda) e Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações). Em contrapartida, permanecem no Governo Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral), Carlos Marun (Secretaria de Governo), Raul Jungmann (Segurança Pública) e Blairo Maggi (Agricultura).
Alexandre Baldy (Cidades) e Aloysio Nunes (Relações Exteriores) não se manifestaram.
18 de Março de 2018, 14:38

0 comentários:

Postar um comentário