quinta-feira, 8 de março de 2018

TERROR EM MARAGOGIPE: Vereadores são ameaçados; Dois morrem em confronto com a PM

TERROR EM MARAGOGIPE: Vereadores são ameaçados; Dois morrem em confronto com a PM

Da redação
Atualizado em 08/03/2018 às 18:43
VÍDEO Por suposta ameaça, vereadores de Maragogipe se trancam em sala; Veja o que diz a PM Crédito da Foto: Reprodução/Google Maps
Um vídeo enviado ao Aratu Online nesta quinta-feira (8/3), mostra nove vereadores de Maragogipe, no Recôncavo Baiano, pedindo ajuda. Nas imagens, o vereador Alberto Soares Santos, mais conhecido como Beto de Betuca (PT), diz que eles estão encurralados em uma sala por causa da “ditadura imposta no município”.
Segundo o político, funcionários da prefeitura queriam bater nos vereadores, por se defenderem “das calúnias lançadas todos os dias”. Betuca diz, ainda, que os vereadores chegaram a pedir ajuda da polícia, mas esta não poderia atender à ocorrência.
VEJA VÍDEO ABAIXO:
Em áudios enviados pelo WhatsApp, o vereador Moisés Nunes (PSB), comenta que as supostas ameaças se devem ao fato de os representantes da casa terem denunciado fraudes da prefeitura. Em outro momento, ele diz que “não tem polícia” porque estaria acontecendo uma troca de tiros com membros da facção Katiara.
Procurada pelo Aratu Online, a assessoria de imprensa da Polícia Militar (PM) informou, em nota, que foram duas situações distintas. Sobre a que envolve os vereadores, limitou-se a dizer que “a 27ª CIPM foi solicitada para garantir a segurança dos integrantes da Câmara Municipal de Vereadores de Maragogipe, localizada na Praça Pereira Antônio Rebouças, para evitar que manifestações políticas saiam da normalidade durante sessão realizada no local”.
www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.
*Publicada originalmente às 18h40 (8/3)

0 comentários:

Postar um comentário