domingo, 1 de abril de 2018

Filme 'Nada a perder' de Edir Macedo tem ingressos esgotados e salas vazias

Sábado, 31 de Março de 2018 - 12:15

Filme 'Nada a perder' de Edir Macedo tem ingressos esgotados e salas vazias

Filme 'Nada a perder' de Edir Macedo tem ingressos esgotados e salas vazias
Foto: Divulgação
O filme sobre a história do bispo Edir Macedo “Nada a perder” já é a maior bilheteira dos cinemas neste ano. Foram 4 milhões de ingressos vendidos antes da estreia. Mas as salas de cinema estão vazias, conforme uma matéria do jornal O Globo. Segundo o jornal, apesar das vendas, as salas estão sem espectadores. Alguns dos presentes afirmaram que os ingressos estão sendo distribuídos para os fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus. Próximos as salas de cinema no Rio de Janeiro, mulheres distribuíam lencinhos personalizados com passagens bíblicas e um link para a página do bispo na internet. A distribuidora Paris Filmes afirmou que não recebe informações sobre a venda de ingressos. A Igreja Universal, em resposta ao jornal, afirmou que a acusação é “vergonhosa”. Em seu site, a Igreja diz que “a mídia, os produtores e promotores de fake news tentarão, de todas as formas, espalhar que o êxito do filme foi manipulado, que os ingressos teriam sido comprados pela Universal e distribuídos aos fiéis. É mentira! A Universal não comprou, nem comprará entradas de cinema. O que existe é a mobilização espontânea de grupos e de membros da Universal, que se organizaram para que o maior número de pessoas tenha chance de assistir ao filme”. O filme é dirigido por Alexandre Avancini, e é adaptado do best-seller de Douglas Tavolaro. O protagonista do filme é encenado pelo ator Petrônio Gontijo. O filme, junto com sua sequência já confirmada para 2019, tem um orçamento de R$ 40 milhões. O filme ainda será disponibilizado na Netflix e terá distribuição internacional a partir do dia 26 de abril, nos países em que a igreja está presente. No filme “Os dez mandamentos”, a Universal também foi acusada de comprar ingressos e distribuição para os fiéis.

0 comentários:

Postar um comentário