sexta-feira, 6 de abril de 2018

José Carlos Aleluia: “Neto preferiu continuar na Prefeitura, mas vai continuar na luta e nós vamos vencer a eleição”

José Carlos Aleluia: “Neto preferiu continuar na Prefeitura, mas vai continuar na luta e nós vamos vencer a eleição”


Durante o evento de inauguração da primeira etapa da requalificação do Guerreira Zeferina na manhã desta sexta-feira (6), o presidente estadual do Democratas, deputado federal José Carlos Aleluia, indagado pela imprensa sobre a resposta positiva que havia prometido em torno da decisão de ACM Neto de se tornar candidato ao governo do Estado, disse que a paixão de Neto por Salvador o fez optar em continuar na Prefeitura e desistir da candidatura à sucessão estadual.
“O coração tem razões que a própria razão desconhece”, disse Aleluia ao parafrasear o escritor espanhol Garcia Lorca. “Ele foi buscar o coração. É que Neto tem uma paixão tão grande por Salvador que preferiu continuar na Prefeitura, mas vai continuar na luta e nós vamos vencer a eleição”, afirma Aleluia.
Para o deputado, a logica indica que está será uma eleição deficitária. “O povo está cansado dos 13 anos e meio de PT e que nós vamos vencer a eleição”, disse.
Em relação ao fato do PT ter somente o apoio do PR e não caminhar possivelmente com o PP e PSD na disputa à reeleição ao governo do Estado, Aleluia foi categórico em dizer que vai definir um cenário e montar uma chapa de oposição para vencer o atual governador Rui Costa na disputa eleitoral.
“Eles que se a juntem. Eu gosto muito do deputado José Carlos Araújo, tenho muitos amigos no PR, gostaria muito que eles tivessem conosco. O que teria que decidir hoje é ACM Neto sair da Prefeitura ou não. Se não sair da Prefeitura, nós vamos definir um cenário e vamos, evidentemente, conversar com os partidos aliados que não estão dependendo de desincompatibilização e vamos armar uma chapa vencedora, sem pressa e sem assodamento. Não tem plano B. Na medida em que nosso candidato permanece na Prefeitura, nós temos que aguardar as consequências e repercussões em razão do novo cenário, mas nós vamos construir o nosso edifício da vitória”, disse Aleluia.
Mathias Jaimes e Rafael Santana

0 comentários:

Postar um comentário