segunda-feira, 2 de julho de 2018

FÁTIMA-BA:EXPRESSINHO CONTINUA NA FILA

EXPRESSINHO CONTINUA NA FILAA imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Carlos Cesar Andrade, atividades ao ar livre
Foi um domingo inacreditável para a torcida do Expressinho - o clube mais querido do sertão. Depois da classificação pra final em cima do bi -campeão Cruzeiro, a torcida alvi-verde não podia esperar nem pensar em uma outra coisa a não ser erguer o troféu de campeão. Mas não foi isso que aconteceu. O expressinho jogou irreconhecível contra o Mocó de Ribeira do Pombal.
A partida começou ate quente com pinta de que seria fácil a vitoria. Aos 6 minutos, o atleta Ismael sofre falta dura na intermediaria da grande área. Ninho cobrou levando perigo ao arqueiro Hu. E foi somente isso de susto em todo primeiro tempo. O expressinho tornou apático causando sussurros e xingamento vindo da torcida na arquibancada. Ainda pra completar, aos 29 o Mocó assustou o goleiro Danilo.
No recomeço de jogo já deu pra perceber que o clube da casa voltara com mais determinação- já aos 5 minutos houve uma trombada entre o atacante Elvis e o goleiro Hu impedindo o que seria o primeiro gol da partida. O time do Mocó acordou e entre os 10 minutos aos 13, houve três tentativas seguidas dando trabalho a zaga local com bola na trave chutada por Igor e na seqüência Joao de Deus e novamente Igor. Foram 3 chutes seqüenciais levando perigo ao goleiro Danilo. Aproveitando o embalo e o time do Expressinho meio que atordoado, dois minutos depois o atleta mocoense Rafinha perdeu uma grande chance em que de frente pra o gol, cara a cara com o goleiro deu um chute sem direção, desperdiçando a oportunidade pros visitantes abrirem o marcador. Daí pra frente o jogo esfriou, vindo a aquecer aos 33 numa arrancada com Biguinho pela esquerda mas a jogada foi interrompida pela zaga adversária. Enfim jogo terminado sob vaias por parte da torcida da casa.A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Carlos Cesar Andrade, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre
Nas cobranças penais. Marcaram pra o expressinho: Guilherme, Junior, Elvis e Ismael. Tico perdeu. Já o time do Mocó Converteram todos. Resultado final: Expressinho 4 x 5 Mocó. Desta feita sagra-se campeão da Copa Regional 2018 – a terceira realizada no Estádio Municipal Valdomiro Pinheiro de Fátima.
Vale ressaltar que pra chegar ao título a equipe pombalense passou por Coronel João Sá (2x1), por Novo Triunfo (2x1) e Expressinho (5x4 penaltis)
As entregas das premiações foram feitas pelo prefeito Sorria, Vereadores Nego de Pretinho e Ze da Jega
A competição teve uma organização de Bal e Nego de Pretinho.

EXPRESSINHO- Danilo (Raimundo)- Ruy (Junior)- Ismael- Galo- Preguinho (Naldinho)- Ninho (Thiago) – Tico- Guilherme – Zinho – Marcelinho (Biguinho) e Elvis
Treinador- Geladinho
MOCÓ- Hu- Marcelo- Sandevan, Ié- William - Fabinho- Dema- Rafinha- Lelinho- (Galeguinho)João de Deus e Igor
Treinador- Marivaldo
TRIO DE ARBITRAGEM DE HELIÓPOLIS – Clebinho- Pardal e Meda

0 comentários:

Postar um comentário