sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Itiruçu: Vereadores vão à Justiça contra reeleição 'apressada' de presidente da Câmara

Itiruçu: Vereadores vão à Justiça contra reeleição 'apressada' de presidente da Câmara
Foto: Reprodução / Itiruçu Online
Vereadores de Itiruçu, no Vale do Jiquiriçá, protocolaram nesta quinta-feira (2) uma ação na Justiça. Os edis querem revogar uma eleição, segundo eles feita “às escuras”, que reelegeu o atual presidente da Câmara, Ezequiel Borges. A ação tem as assinaturas de Nino Mota, Jó de Ju, Paulinho e Robertão. Os dois primeiros chegaram a sair da Mesa Diretora da Casa em resposta à atitude do presidente, Nino da vice-presidência e Jó do cargo de 1° secretário. “O que a gente quer é que a Justiça avalie o caso e determine uma eleição transparente. Nem eu, como vice-presidente, nem o 1° secretário ficamos sabendo da emenda que autorizava essa eleição”, se queixa o vereador ao Bahia Notícias.

A emenda foi apresentada no dia 4 de junho, e a eleição ocorreu no dia 27 do mesmo mês, o que garante mais um mandato de Ezequiel, no caso para 2019-2020. Em Itiruçu, acrescenta o vereador, a eleição para direção da Casa ocorre "tradicionalmente" na última sessão do ano, no final de dezembro. Mota considera que Ezequiel “apressou” o processo, temendo perder o próximo pleito. “Ao saber que há quatro vereadores [dos nove] se articulando, ele pode ter feito isso. Só que desse jeito, não pode”, avaliou.

0 comentários:

Postar um comentário