sábado, 4 de agosto de 2018

PRB lança candidatos sem presença de José Ronaldo

Sex , 03/08/2018 às 22:30 | Atualizado em: 03/08/2018 às 22:32

PRB lança candidatos sem presença de José Ronaldo


O clima na convenção estadual do Partido Republicano Brasileiro (PRB), nesta sexta-feira, 3, no Teatro Sesc Casa do Comércio, foi misto de festa, animação e lamentação. Simpatizantes, partidários e candidatos a deputados estaduais e federais lotaram a casa e cantaram o Hino Nacional entoado pela cantora ex-Timbalada Patrícia Gomes. O motivo da bronca foi a ausência do candidato, apoiado pelo partido, ao governo do Estado, José Ronaldo (DEM), além da exclusão do PRB na vaga de vice.
O deputado estadual José de Arimateia (PRB), que tenta a reeleição à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), foi o primeiro a se queixar no seu discurso da falta do candidato do DEM. “Em todas as convenções, os candidatos ao governo do estado participaram”, comentou. Ele disse que ainda esperava por ele até o fim da solenidade.
A deputada federal e presidente do PRB na Bahia, Tia Eron, concordou com o colega de partido e foi solidária a Arimateia. Ela fez questão de dizer que tentam apequenar o partido e ela não ia permitir que isso acontecesse, referindo-se também ao fato de o PRB ter sido excluído da composição da chapa majoritária de José Ronaldo. A vereadora de Salvador Ireuda Silva (PRB) era o nome do partido indicado para assumir a vaga.
“Tomei o exemplo do prefeito ACM Neto (DEM) que disse (ao desistir da sua candidatura ao governo do estado) que a gente só vai quando ele (Deus) quer. O PRB é o futuro da Bahia e tem candidatos aptos e competentes. Não adianta desfazer de nós”, bradou a legisladora.
Ela também disse que o partido busca atender às necessidades de todos e não apenas de um grupo de pessoas, referindo-se ao partido ser formado por pessoas ligadas à Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd). “Dizem que o nosso partido é sectarista, é mentira”, afirmou.
Ela disse que aprendeu com o seu líder religioso que quem entra na vida pública tem que ser valente. “Essa cadeira que sento é para homem sentar. É comando para homem ter, não é comando para mulher, nem mesmo para uma mulher negra”. Além disso, fez um apelo para que os eleitores não votassem nulo nem branco e escolhessem os nomes do partido. “Branco não é voto. Nulo não é voto”.
Um outro nome do partido que tenta renovar o mandato à Câmara Federal é o deputado federal Márcio Marinho, que chegou ao teatro carregado e aclamado por simpatizantes. A convenção também contou com a presença de João Roma, que após cinco anos como chefe de gabinete do prefeito ACM Neto, tenta se eleger deputado federal. O titular da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), Isnard Araújo (PHS), o diretor-geral da Codesal, Sóstenes Macedo, e as vereadoras de Salvador Ireuda Silva (PRB) e Rogéria Santos (PRB) também compareceram.
O PRB tem no País uma bancada de 21 deputados federais, dois senadores, 40 deputados estaduais, 106 prefeitos (10 na Bahia) e 1.619 vereadores (167 no estado). No governo Michel Temer, que tem como pré-candidato o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, está à frente do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços com o ministro Marcos Jorge. Apesar disso, o partido oficializou o apoio ao presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB).

0 comentários:

Postar um comentário