terça-feira, 6 de novembro de 2018

Eleitores de 38 cidades baianas devem fazer biometria a partir de hoje; veja lista

Bahia

Eleitores de 38 cidades baianas devem fazer biometria a partir de hoje; veja lista

Prazo para o recadastramento vai até o dia 22 de fevereiro de 2019 na maioria das zonas

[Eleitores de 38 cidades baianas devem fazer biometria a partir de hoje; veja lista]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil
Por Juliana Rodrigues no dia 05 de Novembro de 2018 ⋅ 11:00
A partir de hoje (5), eleitores de 38 municípios baianos serão convocados para realizar o cadastramento biométrico obrigatório. É o início da primeira fase do 2º Ciclo do Projeto Biometria na Bahia, que tem prazo final estabelecido para 22 de fevereiro de 2019.
A primeira etapa envolve as cidades de Água Fria, Anagé, Anguera, Barra do Choça, Candeias, Caraíbas, Catu, Cravolândia, Crisópolis, Dias D´Ávila, Glória, Ibirapuã, Irará, Itabuna, Itanagra, Itapé, Itapicuru, Itarantim, Jussari, Lajedão, Lauro de Freitas, Maetinga, Mata de São João, Medeiros Neto, Olindina, Ouriçangas, Paulo Afonso, Planalto, Potiraguá, Santa Brígida, Santa Inês, Santanópolis, Santo Amaro, Saubara, Serra Preta, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Ubaíra.
As zonas eleitorais 139 (Barra do Choça e Planalto) e 185 (Mata de São João e Itanagra) terão prazo menor para a realização do cadastro. Como mais de 85% dos eleitores se anteciparam e já fizeram a biometria, o prazo vai até o dia 30 deste mês. Nas outras zonas, a data-limite se mantém em 22 de fevereiro.
Todos os eleitores precisam fazer o recadastramento, inclusive aqueles cujo voto é facultativo (analfabetos, eleitores com idade entre 16 e 18 anos, maiores de 70 anos). Basta comparecer aos cartórios e postos de atendimento da Justiça Eleitoral com um documento de identificação com foto e um comprovante de residência emitido com no máximo três meses de antecedência.
Homens com idade entre 18 e 45 anos devem levar o comprovante de quitação do serviço militar caso queiram tirar a primeira via do título.
Quem não atender à convocação terá o título cancelado. Em Salvador, 127 mil eleitores não conseguiram fazer a biometria e não puderam votar nas eleições deste ano. O prazo na capital baiana se encerrou em maio.

0 comentários:

Postar um comentário