quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Relembre momentos inesquecíveis do 'Vídeo Show'

A imagem pode conter: atividades ao ar livre
TV

Relembre momentos inesquecíveis do 'Vídeo Show'

Programa sai do ar na próxima sexta-feira (11)

Agência O Globo
09/01/2019 às 08h11
Um dos programas mais longevos e de maior popularidade no Brasil, o “Vídeo show” sai do ar na próxima sexta-feira. O anúncio foi feito, ontem, pela Rede Globo e pegou muita gente de surpresa, principalmente o público. Com a proximidade do fim da atração, relembre momentos marcantes:

Foto: reprodução
Bordão icônico

Repórter mais famosa da atração, Cissa Guimarães (“a menina que quebra o coco mas não arrebenta a sapucaia”) eternizou o bordão “Gentem como a gente”. Ela era, ainda, a voz marcante do quadro “Túnel do tempo”.

Parceiros de bancada

Nos últimos anos, Joaquim Lopes e Sophia Abrahão comandaram o programa, que teve ainda as ex-BBBs Vivian Amorim, Fernanda Keula e Ana Clara no time.
Foto: reprodução

Paciência e leão

Dois momentos marcantes: Susana Vieira, ao vivo, tomou o microfone de Geovanna Tominaga e disse: “Eu não tenho paciência para quem está começando”, deixando a menina sem reação. Já numa matéria sobre treinamento de animais para comerciais, Renata Ceribelli foi atacada por um leão, mas não se feriu.
Foto: reprodução
Falha nossa

O quadro mostrava os erros das gravações das novelas e se tornou referência nacional para outras emissoras.

Timaço

Você lembra que Marcelo Tas, Tássia Camargo, Tony Ramos, Paulo Betti, Malu Mader, Marcio Garcia, André Marques, Ana Furtado, Ellen Jabour, Mariana Hein, Sarah Oliveira e Fiorella Mattheis também já apresentaram o “Vídeo show”?
Foto: reprodução

Vídeo game


Foto: reprodução
Angélica comandou dentro do programa o quadro, que era um game entre os famosos sobre a história da TV.

Trilha sonora

A versão instrumental da música “Don’t stop ‘till you get enough’’, de Michael Jackson, é tema de abertura do programa.

Edições especiais

O programa estreou em 20 de março de 1983. As edições de sábado reapresentavam os melhores momentos da semana, até 1998. A partir de abril de 2000, os sábados ganharam um formato especial, com Miguel Falabella recebendo os convidados em um cenário amplo, com palco e plateia. Entrevistas, apresentações musicais e improvisos animavam o auditório.


0 comentários:

Postar um comentário