quarta-feira, 27 de março de 2019

Os deputados da base do governador Rui Costa (PT) na Alba já perderam a esperança de saber, neste primeiro semestre, o nome dos novos dirigentes de órgãos como a Embasa, o Detran, a Cerb, a Fundação Luis Eduardo Magalhães, a Fundação Cultural, o IPAC, a A

Raio Laser - 27/3 - Próximo semestre
Os deputados da base do governador Rui Costa (PT) na Alba já perderam a esperança de saber, neste primeiro semestre, o nome dos novos dirigentes de órgãos como a Embasa, o Detran, a Cerb, a Fundação Luis Eduardo Magalhães, a Fundação Cultural, o IPAC, a A

Tribuna da Bahia, Salvador 
27/03/2019 10:24 | Atualizado há 4 minutos
    
Foto: Secom/GovBa

Com a relação de alguns dos cargos de segundo escalão na mão, os deputados da base do governador Rui Costa (PT) na Assembleia Legislativa já perderam a esperança de saber, neste primeiro semestre, o nome dos novos dirigentes de órgãos como a Embasa, o Detran, a Cerb, a Fundação Luis Eduardo Magalhães, a Fundação Cultural, o IPAC, a ADAB, o Instituto Anísio Teixeira, o Procon…. “Se praticamente já chegamos em abril e não sabemos ainda, provavelmente não saberemos neste semestre”, ironiza um parlamentar governista.
Relator antigo
A ideia do Centrão de ressuscitar a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) como resposta à confusão causada pelo presidente Jair Bolsonaro com a sua própria recoloca no centro do debate sobre as mudanças o deputado federal baiano Arthur Maia, responsável pela relatoria da primeira iniciativa.
Resposta
Aliás, a avaliação entre deputados é de que a proposta só não foi aprovada no governo Michel Temer por causa daquela denúncia feita pelo procurador geral da República Rodrigo Janot contra o ex-presidente, que acabou gastando todo o o seu capital político para sobreviver às acusações, ficando impedido de articular a votação das mudanças na Previdência, algo de que o atual presidente ainda não se ocupou.
Audiência pública
Presidente da Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Pedro Tavares (DEM) destacou a importância da audiência pública a ser realizada hoje, com o objetivo de discutir a situação do Aeroporto Internacional deputado Luís Eduardo Magalhães. A audiência será conjunta com a Comissão de Defesa do Consumidor e Relações de Trabalho, presidida pelo deputado estadual Tiago Correia (PSDB), autor da proposta. 
Cronograma
A direção da Vinci Airports, empresa francesa que administra o aeroporto desde 2018 foi convidada a apresentar o cronograma de obras já realizadas e o planejamento dos futuros investimentos a serem feitos no equipamento. “O aeroporto de Salvador é a principal porta de entrada para o Estado e há uma cobrança para que os serviços melhorem. Queremos colaborar com os avanços para que o nosso aeroporto seja reconhecido entre os melhores, deixando uma impressão positiva nos usuários, principalmente nos turistas que visitam o nosso Estado”, afirmou Pedro Tavares.
Incompetência
Deputados não sabiam ontem até quando o presidente Jair Bolsonaro vai manter no Ministério da Educação seu titular, considerado incompetente por 9 entre 10 especialistas na área. Como disse ontem uma autoridade no assunto, de uma secretaria estadual de Comunicação, o Ministério está se esquecendo de tratar daquilo para que foi criado: o processo de aprendizado dos jovens do país.
Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

0 comentários:

Postar um comentário